• Recuse embalagens desnecessárias e reduza a montanha de lixo.
A cada dia são descartadas 2 milhões de toneladas de lixo domiciliar no mundo. É um volume diário que equivale a 10 montanhas do Pão de Açúcar. O Brasil recicla só 15% do plástico descartado. O resto acaba no lixo, onde leva mais de um século para se degradar. Isso explica porque as embalagens representam um terço do lixo domestico nacional. Por isso, prefira levar sua própria sacola quando for fazer compras. Se você recusar todas as embalagens supérfluas que lhe forem oferecidas ao longo de um mês, vai evitar o gasto de 0,5 kg de petróleo, o que pode mover um automóvel por quase 10km. Agora, se um milhão adotarem a mesma atitude, serão economizados 20 mil arvores (o que daria cerca de 20 hectares plantados de eucalipto), US$ 150 mil de petróleo e 5 pequenas centrais hidrelétricas de 10 megawatts cada.

• Leve pilhas usadas aos postos de coleta e lute contra doenças fatais.
São 800 milhões de baterias e pilhas vendidas todo ano no Brasil contem metais pesados altamente tóxicos, como cádmio, chumbo e mercúrio. Eles podem contaminar o solo e a água e, em contato com seres humanos, atacam o cérebro, os rins e os pulmões. Por isso, quando você for descartar pilhas e baterias, procure um posto de coleta especial (o site do Akatu www.akatu.org.br informa os mais de mil postos de coleta em todo o Brasil). Também promova a criação de um posto de coleta em seu local de trabalho, igreja, associação comunitária, clube, etc. Se um milhão de consumidores conscientes fizer o mesmo, desviaremos 30 milhões de pilhas dos lixões e aterros.

• Use a frente e o verso do papel e salve dezenas de arvores.
Cada tonelada de papel que você economiza preserva 20 eucaliptos. Se, como você, um milhão de pessoas decidirem usar o verso do papel para escrever e desenhar, a cada mês serão preservadas florestas suficientes para recobrir 18 campos de futebol.

• Elimine vazamentos e beba água de graça por 75 dias.
Os médicos recomendam que você beba pelo menos 2 litros de água/dia. Uma única torneira pingando desperdiça 150 litros diários, água suficiente para matar a sua sede por 2,5 meses.

• Evite desperdiçar alimentos e economize toneladas de comida.
O Brasil desperdiça 14 milhões de toneladas de alimentos por ano. Só para se ter uma idéia, 30% das hortaliças são perdidas entre a produção e a distribuição (industrialização, armazenagem e transporte). E outras milhares de toneladas são desperdiçadas dentro de casa. Use a criatividade e reaproveite cascas, sementes e outras sobras de comida de primeira qualidade.

• Separe resíduos para reciclagem e ligue a geladeira por 10 horas.
Leve seu lixo coletado seletivamente aos postos de entrega voluntária ou procure associações de catadores que possam comercializar parte do lixo que você descarta. A reciclagem de uma única latinha de alumínio economiza energia suficiente para manter uma geladeira ligada por quase 10 horas. Do mesmo jeito, cada quilo de vidro que você recicla evita a mineração de 6,6 kg de areia, uma pratica de alto impacto ambiental.

• Deixe o carro em casa um dia por semana e tire do ar quilos de sujeira.
O ar contaminado com óxidos de nitrogênio, emitidos por veículos, mata 300 crianças por ano só em São Paulo. Se você deixar seu carro na garagem um dia por semana, evitará o lançamento de 741 kg de gás carbônico/ano na atmosfera.

Fonte: www.akatu.org.br
Sua opinião é muito importante para nós.
Este é o canal entre você e o SAAEC.
35 anos prestando serviços de saneamento com qualidade e eficiência.
Faltou água ou precisa de reparos? Ligue: (17) 3341-4993
Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Colina. ©2017 - Todos os Direitos Reservados. Desenvolvido pela Williarts Internet